Última hora

Última hora

Theresa May sobrevive a moção de censura dos Conservadores

Theresa May sobrevive a moção de censura dos Conservadores
Tamanho do texto Aa Aa

Theresa May mantém-se no Governo e na liderança do partido. A moção de censura para destituir a líder dos Tory perdeu.

200 deputados votaram pela permanência de May na liderança dos conservadores, 117 contra.

Os mais de 300 deputados conservadores votaram em sufrágio secreto, esta quarta-feira. Para ganhar, a primeira-ministra precisava de pelo menos metade dos votos mais um, o que perfazia um total de 159 votos a seu favor.

A liderança de May saiu reforçada desta votação. Em troca, a chefe do executivo britânico garantiu esta noite que não se recandidatar-se às próximas eleições legislativas, a decorrem em 2022.

A moção foi lançada por 48 dos eurocéticos do Partido Conservador, descontentes com o acordo alcançado pelo executivo britânico para a saída do Reino Unido da União Europeia.

Theresa May tem sido bastante contestada devido ao Brexit, mas já declarou querer levar a implementação do acordo até ao fim do mandato. Esta segunda-feira tinha adiado a votação decisiva no Parlamento por considerar que a derrota era praticamente inevitável.