This content is not available in your region

Brexit preocupa empresários e trabalhadores no Reino Unido

Access to the comments Comentários
De  Luis Guita
euronews_icons_loading
Brexit preocupa empresários e trabalhadores no Reino Unido

Pode parecer um mundo muito distante da política de Westminster mas os trabalhadores migrantes da União Europeia desta floricultura em Spalding, no leste da Inglaterra, preocupam-se com as consequências do Brexit.

Praticamente todos os funcionários da floricultura são de fora da Grã-Bretanha. Entre eles, a polaca Beata Wolkowska que fez de Inglaterra a sua casa.

"Todos estão preocupados se será possível voltarmos para aqui se formos para casa. Eu gostaria que tudo ficasse na mesma," revela Beata Wolkowska.

"A ironia é que, enquanto a maioria das pessoas nesta região votou a favor do Brexit, sendo a migração um grande problema, são os trabalhadores migrantes que estão a ajudar a alimentar a economia local," revela o repórter da Euronews, Damon Embling

Aqui, os trabalhadores - alguns efetivos, outros temporários - são da Polónia, Lituânia, Letónia, Bulgária e Roménia.

A empresária Sue Lamb quer que a primeira-ministra britânica, Theresa May, fique para levar a cabo o Brexit - mas também quer segurança para os seus trabalhadores migrantes.

"Eu só acho que não está a ser reconhecido o quanto estas pessoas dão ao sistema. Precisamos reconhecê-lo e reconhecê-lo rapidamente. Precisamos de uma fórmula que funcione muito rapidamente. ***A indústria está realmente sob ameaça," afirma a proprietária da Floricultura Lamb, Sue Lamb.

No caminho para o Brexit, na cidade inglesa de Boston, Anton Dani e Maria Dani são os donos do Café de Paris. Anton foi criado em França, agora é um cidadão britânico, a esposa é da Polónia. Ele é pró-Brexit - mas acha que a opinião pública pode estar a mudar.

"Acho que não vai haver um acordo e vamos para um referendo. Provavelmente vamos ficar na Europa, apesar de todos os apoiantes do Brexit. É assim que as pessoas se sentem hoje em dia. A perceção que tenho das pessoas nas ruas é que estão fartas das negociações, ninguém sabe o que está a acontecer, nada está claro. Theresa May falou de uma forma muito vaga, sem uma resolução concreta para o problema. As pessoas estão a perder a fé,. Então, poderemos ficar na Europa," considera Anton Dani.

Maria Dani é imigrante e aposta num Brexit que fortaleça as fronteiras da Grã-Bretanha.

"Não digo que a imigração deve parar completamente, mas temos que controlar realmente quantas pessoas estão a chegar," afirma Maria Dani.

Enquanto Theresa May tenta salvar o seu acordo de Brexit - tendo ganho uma moção de censura - Boston aguarda. Aqui, alguns apoiantes do Brexit podem estar a mudar de opinião mas a grande maioria parece estar desesperada por ver este divórcio concluido, com ou sem acordo.