Última hora

Última hora

Um imposto para os muçulmanos na Alemanha?

Um imposto para os muçulmanos na Alemanha?
Tamanho do texto Aa Aa

Católicos e protestantes pagam impostos na Alemanha para financiar as atividades da Igreja.

E os muçulmanos? Também poderão vir a fazê-lo.

Thorsten Frei, o líder parlamentar da CDU/CSU, manifestou-se na edição online do jornal "Die Welt" e o assunto está a dar que falar na imprensa. Disse tratar-se de um "passo importante" para que o "Islão na Alemanha se emancipe dos estados estrangeiros."

Como ele, outros políticos da União Democrata Cristã (CDU), da União Social Cristã (CSU) e do Partido Social Democrata (SPD) são a favor da ideia. E líderes muçulmanos progressistas também defendem o passo.

Na Alemanha, as mesquitas estão dependentes de donativos, o que desperta com frequência preocupações relacionadas com o possível financiamento por parte de organizações estrangeiras e Governos. Com o imposto pretende promover-se a independência e a transparência, com a vantagem de poder, eventualmente, reduzir o risco da radicalização.