EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Um imposto para os muçulmanos na Alemanha?

Um imposto para os muçulmanos na Alemanha?
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Medida poderá vir a ser introduzida à semelhança do que já acontece com os cristãos alemães.

PUBLICIDADE

Católicos e protestantes pagam impostos na Alemanha para financiar as atividades da Igreja.

E os muçulmanos? Também poderão vir a fazê-lo.

Thorsten Frei, o líder parlamentar da CDU/CSU, manifestou-se na edição online do jornal "Die Welt" e o assunto está a dar que falar na imprensa. Disse tratar-se de um "passo importante" para que o "Islão na Alemanha se emancipe dos estados estrangeiros."

Como ele, outros políticos da União Democrata Cristã (CDU), da União Social Cristã (CSU) e do Partido Social Democrata (SPD) são a favor da ideia. E líderes muçulmanos progressistas também defendem o passo.

Na Alemanha, as mesquitas estão dependentes de donativos, o que desperta com frequência preocupações relacionadas com o possível financiamento por parte de organizações estrangeiras e Governos. Com o imposto pretende promover-se a independência e a transparência, com a vantagem de poder, eventualmente, reduzir o risco da radicalização.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Alternativa para a Alemanha fica em terceiro lugar nas eleições autárquicas na Turíngia

"Acordemos". Macron alerta para os "maus ventos" da extrema-direita em discurso na Alemanha

Stoltenberg pede a membros da NATO que reconsiderem limites no envio de armas para a Ucrânia