A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Os efeitos da paralisação parcial do governo dos EUA

Os efeitos da paralisação parcial do governo dos EUA
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os efeitos cumulativos da paralisação parcial do governo dos EUA afetam cada vez mais o dia-a-dia no país.

Sem proposta de orçamento aprovada, mantém-se o impasse entre Donald Trump e o Congresso por causa do financiamento para a construção de um muro na fronteira do país com o México. No que depender do Presidente dos EUA só terminará com uma definição sobre o assunto, custe o que custar.

Esta quinta-feira, o Senado reúne-se para debater o impasse.

O clima de incerteza afeta muitos funcionários federais. Cerca de 420 mil pessoas, consideradas essenciais, trabalham sem receber. Outras 380 mil foram dispensadas.

Este é o terceiro "shutdown" do ano.

Em alguns locais da Califórnia também se sentem os efeitos da paralisação. Partes da área de recreação natural da Golden Gate Bridge estão encerradas o que enfureceu muitos turistas.