Última hora
This content is not available in your region

Adolescente consegue escapar ao raptor após três meses de cativeiro

euronews_icons_loading
Adolescente consegue escapar ao raptor após três meses de cativeiro
Tamanho do texto Aa Aa

Jayme Closs tem apenas 13 anos, mas já a consideram uma heroína.

Conseguiu escapar de uma casa onde se encontrava presa, numa zona rural do estado norte-americano do Wisconsin.

Foram três meses à mercê do raptor, que matou os pais da adolescente no dia do rapto. A polícia fala num a to planeado.

Em conferência de imprensa, o xerife do condado de Barron, a cerca de 120 quilómetros a noroeste da cidade de Minneapolis, disse que o suspeito não conhecia a família.

"O suspeito planeou o rapto e deu vários passos no sentido de esconder a identidade dele dos agentes e das pessoas."

Jake Patterson de 21 anos, é o principal suspeito. O crime terá ocorrido no início de outubro.

Jayme foi dada como desaparecida e as autoridades temiam que, tal como os pais, tivesse sido assassinada.

Durante semanas, milhares de pessoas e centenas de agentes participaram nas buscas, sem êxito.

O FBI diz que mais de 300 jovens, menores de 21 anos, são raptados por ano nos Estados Unidos.