Última hora

Adolescente consegue escapar ao raptor após três meses de cativeiro

Adolescente consegue escapar ao raptor após três meses de cativeiro
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Jayme Closs tem apenas 13 anos, mas já a consideram uma heroína.

Conseguiu escapar de uma casa onde se encontrava presa, numa zona rural do estado norte-americano do Wisconsin.

Foram três meses à mercê do raptor, que matou os pais da adolescente no dia do rapto. A polícia fala num a to planeado.

Em conferência de imprensa, o xerife do condado de Barron, a cerca de 120 quilómetros a noroeste da cidade de Minneapolis, disse que o suspeito não conhecia a família.

"O suspeito planeou o rapto e deu vários passos no sentido de esconder a identidade dele dos agentes e das pessoas."

Jake Patterson de 21 anos, é o principal suspeito. O crime terá ocorrido no início de outubro.

Jayme foi dada como desaparecida e as autoridades temiam que, tal como os pais, tivesse sido assassinada.

Durante semanas, milhares de pessoas e centenas de agentes participaram nas buscas, sem êxito.

O FBI diz que mais de 300 jovens, menores de 21 anos, são raptados por ano nos Estados Unidos.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.