A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Morreu o padrinho do cinema experimental norte-americano

Morreu o padrinho do cinema experimental norte-americano
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Era o padrinho do cinema experimental norte-americano. Jonas Mekas morreu esta quarta-feira em Nova Iorque aos 96 anos de idade. Nascido na Lituânia em 1922, o cineasta deixou o país para fugir à segunda guerra mundial, foi prisioneiro num campo de concentração nazi e emigrou para os Estados Unidos em 1949.

Pouco depois da chegada pediu dinheiro emprestado para comprar uma câmara para gravar pequenos momentos do seu quotidiano. Rapidamente deixou a sua marca no cinema experimental norte-americano.

Integrante do movimento artístico Fluxus, trabalhou com nomes consagrados como Andy Warhol, Allen Ginsberg, Salvador Dalí e John Lennon. Jonas Mekas partiu mas a sua obra ficará para sempre.