Última hora

Última hora

May "determinada" em cumprir o prazo do "Brexit"

May "determinada" em cumprir o prazo do "Brexit"
Tamanho do texto Aa Aa

Pressionada em várias frentes, a primeira-ministra britânica mostrou-se "determinada" em implementar o "Brexit" no prazo inicialmente estipulado de 29 de março. Theresa May deixou isso mesmo claro numa coluna publicada na edição de domingo do "The Telegraph." E sublinhou que pretende regressar a Bruxelas "armada" com um "novo mandato", "novas ideias" e a "determinação" para encontrar uma "solução pragmática."

A viagem pode acontecer esta semana mas para já não há datas. Bruxelas, por outro lado, não se mostra disponível para renegociar. Um cenário que, a concretizar-se, representa, no entender do ministro britânico do Comércio, uma atitude "irresponsável."

"Querem mesmo dizer que preferem não negociar e terminar com um cenário sem acordo? Penso que não se trata da abordagem correta a tomar. Teria impacto na economia europeia, nos empregos e na prosperidade. [...] E para a economia britânica decididamente", sublinhou o ministro Liam Fox, em entrevista à Sky News.

Nos bastidores já há quem antecipe o pior. A imprensa inglesa diz que foi recuperado um plano de evacuação do tempo da Guerra Fria para proteger a rainha Isabel II e a família real se o "Brexit" acontecer sem acordo e de forma tumultuosa.

O futuro está nas mãos de Theresa May e na capacidade de encontrar "medidas alternativas" ao chamado "backstop" destinado a evitar a fronteira física entre as Irlandas.