Última hora

Última hora

"Eles nunca tinham a culpa"

"Eles nunca tinham a culpa"
Tamanho do texto Aa Aa

No início deste mês, o Papa Francisco disse estar empenhado em impedir o abuso de freiras por parte de padres e bispos. Um dos casos que está a ser investigado pela Santa Sé aconteceu numa congregação na cidade chilena de Molina.

Três antigas freiras da congregação denunciaram abusos sexuais por parte de sacerdotes. Agora, aplaudem as declarações do Papa Francisco sobre abusos de freiras na Igreja Católica e o compromisso do Sumo Pontífice em combater a situação. Os casos têm mais de 20 anos, aconteceram na Congregação das Irmãs do Bom Samaritano, e estão a ser investigados pelo Vaticano.

As investigações sobre casos de abuso sexual na Igreja Católica do Chile já levaram à abertura de 139 processos. No ano passado, os bispos chilenos foram chamados ao Vaticano e apresentaram uma renúncia em bloco depois de reconhecerem "erros graves e omissões".