Última hora

Última hora

Campanha para reciclar telemóveis em medalhas olímpicas é um sucesso

Campanha para reciclar telemóveis em medalhas olímpicas é um sucesso
Tamanho do texto Aa Aa

Os organizadores dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tóquio 2020 afirmam-se otimistas quanto à recolha e reciclagem dos metais necessários para a produção das medalhas do evento.

O programa de recolha de metais utilizados em telemóveis e aparelhos electrónicos para reciclagem começou em 2017. A iniciativa contou com o apoio da autoridade metropolitana de Tóquio que incentivou os funcionários a doarem os aparelhos antigos.

Em junho do ano passado surgiram receios de que o objetivo não seria alcançado. Desde então aumentou o número de caixas de recolha.

Em outubro de 2018, os organizadores da iniciativa revelaram que 90% do ouro, 85% da prata e 100% do bronze necessário para as medalhas já havia sido recolhido.

O design das medalhas será anunciado antes do final do ano.

Com 339 eventos espalhados por 50 modalidades, serão necessárias mais de 2 600 medalhas para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2020.