Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Segurança em destaque no Mobile World Congress

Segurança em destaque no Mobile World Congress
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

"Segurança, toda a gente está preocupada com a segurança neste novo mundo hiperconectado que estamos a falar aqui no Mobile World Congress. Este é um telefone super seguro que acaba de ser lançado. Incrivelmente resistente em termos de software por dentro e muito resistente por fora", explica o enviado da euronews a Barcelona, Jeremy Wilks.

O telefone da DarkMatter, dos Emirados Árabes Unidos, é vendido a governos ou a grandes empresas com necessidades no que toca à proteção de dados.

"Vamos supor que perdeu o telefone ou que foi roubado e que alguém está a mexer fisicamente no dispositivo, seja a tentar remover o ecrã ou a fazer um buraco na parte de trás, abrindo-a para extrair o chip de memória. Existem sensores no dispositivo que acionariam o apagamento da memória e a desativação do dispositivo - o aparelho autodestrói-se", diz Rabih Dabboussi da Darkmatter.

A 5G é a grande tendência de consumo deste ano. Permite que milhões de novos dispositivos entrem online na Internet das coisas. Isto representa um desafio em termos de segurança, de acordo com Ronen Shpirer da Fortinet: "Na 5G o tráfego é criptografado, desde o dispositivo até o núcleo e em todo o núcleo da rede - e trata-se de uma forte criptografia forte. Por isso, a segurança foi levada em consideração. Mas, por outro lado, a 5G incentiva uma infraestrutura aberta. Sim, pensámos na segurança, mas abrimos um ambiente que é muito mais propício a ataques”.

A 5G é o futuro, mas e a questão da segurança? Os utilizadores de telemóveis correm o risco de usar aplicações falsas, que, uma vez instaladas, roubam as credenciais e dinheiro aos utilizadores.

Lukáš Štefanko da ESET tem um aviso para os utilizadores de telefones Android: "A mais popular das ameaças bancárias móveis é a que tenta roubar as credenciais, usam técnicas sofisticadas, como o uso indevido das acessibilidades, ou aplicações bancários simples e falsas, fazendo-se passar por verdadeiras. Algo simples, mas poderoso."

"Seja qual for o dispositivo que esteja a utilizar, é preciso ficar atento. É esta a mensagem de hoje. E à medida que avançamos para este futuro 5G, biliões de dispositivos estarão online. O que representa muitas mais oportunidades para que os bandidos se aproveitem de nós", conclui Jeremy Wilks.