Última hora

Última hora

Benjamin Natanyahu divide israelitas

Benjamin Natanyahu divide israelitas
Tamanho do texto Aa Aa

Benjamin Netanyahu dividiu os israelitas.

Este sábado, centenas de pessoas saíram às ruas de Telavive e Jerusalém exigindo a demissão do primeiro-ministro que poderá ser indiciado por corrupção.

O protesto, com as mensagens "Está na hora de Netanyahu partir" e "Ministro do crime", foi convocado por partidos de esquerda e terminou na sede do Likud, o partido que suporta o Executivo.

Sempre separados pela polícia, estiveram centenas de pessoas que manifestaram o apoio a Benjamin Netanyahu.

Aqui, nos cartazes podia ler-se "Netanyahu, o povo está contigo".

Na sexta-feira, o Ministério Público anunciou a intenção de acusar o chefe do Governo por corrupção, fraude e abuso de confiança, considerando haver indícios suficientes de favorecimento a empresas de comunicação a troco de cobertura positiva e de ter recebido presentes de magnatas em troca de favores políticos.

Benjamin Netanyahu já reagiu, afirmando que tudo não passa de "uma caça às bruxas" e assegurou que vai provar a inocência.

O primeiro-ministro conservador assinou, na semana passada, uma aliança entre três partidos de direita com vista às legislativas antecipadas de 09 de abril.