A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

"Mangueira" coroada no Rio de Janeiro com desfile contestatário

"Mangueira" coroada no Rio de Janeiro com desfile contestatário
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Com um enredo denominado “História pra ninar gente grande”, a Estação Primeira de Mangueira revisitou a história do Brasil pela ótica de heróis populares, negros e índios, e fez uma homenagem a Marielle Franco, a vereadora do Rio de Janeiro, defensora dos direitos dos gays e dos negros, cujo assassinato em 2018 continua sem solução.

Na conquista do 20º título carnavalesco, a "Mangueira" deu uma aula de história na Sapucaí e exibiu uma bandeira do Brasil com as cores da escola e onde o lema nacional "ordem e progresso" foi trocado por "índios, negros e pobres".