Última hora
This content is not available in your region

"Mangueira" coroada no Rio de Janeiro com desfile contestatário

euronews_icons_loading
"Mangueira" coroada no Rio de Janeiro com desfile contestatário
Tamanho do texto Aa Aa

Com um enredo denominado “História pra ninar gente grande”, a Estação Primeira de Mangueira revisitou a história do Brasil pela ótica de heróis populares, negros e índios, e fez uma homenagem a Marielle Franco, a vereadora do Rio de Janeiro, defensora dos direitos dos gays e dos negros, cujo assassinato em 2018 continua sem solução.

Na conquista do 20º título carnavalesco, a "Mangueira" deu uma aula de história na Sapucaí e exibiu uma bandeira do Brasil com as cores da escola e onde o lema nacional "ordem e progresso" foi trocado por "índios, negros e pobres".