EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Apagão deixa Venezuela às escuras

Apagão deixa Venezuela às escuras
Direitos de autor REUTERS/Carlos Jasso
Direitos de autor REUTERS/Carlos Jasso
De  Luis Guita
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A capital venezuelana, Caracas, e pelo menos 18 estados ficaram às escuras. O Governo de Nicolás Maduro denunciou "uma sabotagem" na principal central hidroelétrica.

PUBLICIDADE

Venezuela voltou a ser atingida por um apagão. A capital, Caracas, e pelo menos 18 estados ficaram às escuras, esta quinta-feira, e o o Governo de Nicolás Maduro denunciou "uma sabotagem" na principal central hidroelétrica.

Em Caracas, a energia foi cortada abruptamente e o apagão durou mais de quatro horas.

"Antes de mais, estamos preocupados com a própria segurança, porque quando as luzes se apagam, os criminosos aproveitam. As vias públicas não funcionam, há pessoas nas ruas mas as autoridades não estão presentes. Então, temos de andar com cautela para nos protegermos e chegarmos a casa."

O apagão afetou serviços, como transportes e semáforos, as linhas telefónicas e de internet foram interrompidas, assim como a distribuição de água.

Segundo a imprensa local, a falha afetou o Aeroporto Simón Bolívar de Maiquetía, o principal do país, tendo sido desviados vários voos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Guaidó decreta estado de emergência na Venezuela

Nova falha de energia agrava braço de ferro político na Venezuela

Apagão elétrico chega ao fim na Venezuela