A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Donald Trump suspende Boeing 737 Max nos EUA

Donald Trump suspende Boeing 737 Max nos EUA
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou ir banir todos os voos dos Boeing 737 Max 8 e 9.

"Vamos banir todos os voos 737 Max 8 e 737 Max 9 com urgência", disse Donald Trump, esta quarta-feira, na Casa Branca. "A segurança dos americanos e de todos os passageiros é a nossa maior prioridade", acrescentou.

Após o acidente da Ethiopian Airlines, o segundo com um avião deste tipo em cinco meses, o Boeing 737 Max 8 foi proibido de voar por muitos países e companhias aéreas.

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) encerrou o espaço aéreo aos Boeing 737 Max 8 e 9 .

Entretanto, a Norwegian Air Shuttles declarou que vai pedir uma indemnização à Boeing, após ter suspendido os voos das 18 aeronaves 737 Max.

"O que vai acontecer a está nas mãos das autoridades da aviação europeia. O que desejamos e esperamos é que os nossos Max estejam a voar em breve. Muita gente tem perguntado sobre como isto afeta a nossa situação financeira. É óbvio que não vamos assumir as despesas relacionadas com um avião novo que temos de parar temporariamente. Vamos enviar a conta para o fabricante do avião," afirmou o patrão da Norwegian Air Shuttles, Bjorn Kjos.

Amigos e familiares das 157 pessoas que morreram no acidente com um avião Boeing 737 Max da Ethiopian Airlines estiveram, esta quarta-feira, no local onde a aeronave caiu para homenagear as vítimas.