Avião militar russo despenha-se com 15 pessoas a bordo

Avião militar russo
Avião militar russo Direitos de autor Dmitri Lovetsky/Copyright 2020 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Rússia informou que um dos seus aviões militares de carga Il-76 se despenhou pouco depois de descolar de um aeródromo a nordeste de Moscovo, esta terça-feira.

PUBLICIDADE

"Um avião militar de transporte aéreo Il-76 despenhou-se na região de Ivanovo quando descolava para efetuar um voo programado. A bordo estavam oito membros da tripulação e sete passageiros", avançou o Ministério da Defesa russo.

A imprensa russa relata que não há sobreviventes.

Ivanovo situa-se cerca de 350 quilómetros  a leste de Moscovo e a perto de mil quilómetros da fronteira com a Ucrânia.

A causa provável do acidente foi um incêndio no motor durante a descolagem.

O Ministério da Defesa referiu que dezenas de drones ucranianos atacaram a Rússia na altura do acidente.

Os drones lançados pela Ucrânia atingiram algumas bases aéreas militares no interior da Rússia, incluindo Moscovo. 

O acidente com o Il-76 ocorreu no mesmo dia em que se registaram ataques de drones ucranianos na Rússia e uma incursão transfronteiriça a partir da Ucrânia por milícias russas anti-Kremlin.

Andrii Yusov, porta-voz dos serviços secretos militares ucranianos, declarou na televisão nacional que os acontecimentos foram "consequência direta da agressão militar russa".

Yusov não reivindicou a responsabilidade dos ataques, mas frisou que a Rússia deve retirar as suas tropas da Ucrânia se quiser evitar episódios semelhantes no futuro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Malásia poderá voltar a procurar o voo MH370, 10 anos após o desaparecimento do avião

Avião militar russo despenha-se em Belgorod com 65 "prisioneiros de guerra" ucranianos a bordo

Avião russo aterra de emergência na Sibéria