A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Senado rejeita emergência nacional para muro de Trump

Senado rejeita emergência nacional para muro de Trump
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Senado americano rejeitou a declaração de emergência nacional proclamada por Donald Trump para obter fundos para a construção de um muro ao longo da fronteira com o México. 12 senadores republicanos juntaram esta quinta-feira o seu voto aos democratas para chumbar a iniciativa do presidente por 59 votos contra 41. O documento regressa agora à Casa Branca depois de ter sido chumbado pela Câmara dos Representantes no mês passado.

Trump não gostou e reagiu de imediato no Twitter com a palavra "Veto!" Se tal acontecer será o primeiro veto do presidente americano em dois anos de mandato.

A rejeição do muro na fronteira sul dos Estados Unidos foi a segunda derrota de Donald Trump no Senado em dois dias. Na quarta-feira a câmara alta do Congresso aprovou uma resolução para pôr fim ao apoio americano à aliança liderada pela Arábia Saudita que combate no Iémen os rebeldes Houthis, apoiados pelo Irão.