EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Senado rejeita emergência nacional para muro de Trump

Senado rejeita emergência nacional para muro de Trump
Direitos de autor 
De  João Peseiro Monteiro
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A câmara alta do Congresso americano rejeitou a declaração de emergência nacional de Donald Trump para a construção do muro na fronteira com o México. O documento regressa agora à Casa Branca e Trump prometeu o primeiro veto do seu mandato.

PUBLICIDADE

O Senado americano rejeitou a declaração de emergência nacional proclamada por Donald Trump para obter fundos para a construção de um muro ao longo da fronteira com o México. 12 senadores republicanos juntaram esta quinta-feira o seu voto aos democratas para chumbar a iniciativa do presidente por 59 votos contra 41. O documento regressa agora à Casa Branca depois de ter sido chumbado pela Câmara dos Representantes no mês passado.

Trump não gostou e reagiu de imediato no Twitter com a palavra "Veto!" Se tal acontecer será o primeiro veto do presidente americano em dois anos de mandato.

A rejeição do muro na fronteira sul dos Estados Unidos foi a segunda derrota de Donald Trump no Senado em dois dias. Na quarta-feira a câmara alta do Congresso aprovou uma resolução para pôr fim ao apoio americano à aliança liderada pela Arábia Saudita que combate no Iémen os rebeldes Houthis, apoiados pelo Irão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Robert de Niro chama "palhaço" a Donald Trump à porta do tribunal

Biden apela à libertação de jornalistas no jantar dos correspondentes de imprensa

Biden assina pacote de ajuda de 95 mil milhões de dólares para Ucrânia, Israel e Taiwan