Última hora

Última hora

Dia 1 do Grand Slam de Judo de Ecaterimburgo: Telma Monteiro e Joana Ramos em 5º lugar

Dia 1 do Grand Slam de Judo de Ecaterimburgo: Telma Monteiro e Joana Ramos em 5º lugar
Tamanho do texto Aa Aa

No primeiro dia do Grand Slam de Ecaterimburgo, na Rússia, que teve início esta sexta-feira, as portuguesas Telma Monteiro (-57kg) e Joana Ramos (-52kg) terminaram no quinto lugar, após perderem nos respetivos combates para a medalha de bronze.

Durante os três dias da prova, 355 atletas de 47 países vão competir pela medalha de ouro e os respetivos mil pontos no ranking mundial, com vista à qualificação para os Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

Joana Ramos, a única portuguesa a competir hoje que está em zona de qualificação para Tóquio 2020 (17.ª), perdeu por ippon, com uma imobilização da belga Charline Van Snick.

Momento do combate de Joana Ramos e Charline Van Snick.

Telma Monteiro, vencedora da medalha de bronze nos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016, seis vezes campeã europeia e quatro vezes vice-campeã mundial, perdeu com as duas melhores atletas canadianas da atualidade em -57kg, Christa Deguchi, quinta no ranking mundial, e Jessica Klimkait, quarta.

Christa Deguchi venceu a judoca portuguesa com um forte Ouchi seguido de arremesso para ippon, enquanto Jessica Klimkait venceu já no ponto de ouro efetuando um seoi nage aos 2.38 minutos.

Telma Monteiro a lutar frente a Jessica Klimkait.

Christa Deguchi viria a sagrar-se a campeã da categoria, vencendo na final a especialista em golpes no tatami Chen-Ling Lien, da Taipé Chinesa.

A mulher do Dia

Neste dia inaugural, cinco países venceram as cinco medalhas de ouro do dia.

A nossa mulher do dia foi Gili Cohen. Depois de ganhar impulso com a sua boa exibição em Tel Aviv no início deste ano, a judoca de Israel a competir em -52kg venceu com um clássico Kouchi gari a espanhola Ana Perez Box, conquistando o seu primeiro título de Grand Slam desde 2016.

"Eu sabia que seria uma luta difícil, ela é uma boa adversária e eu já tinha lutado com a Ana Perez Box, por isso sabia como é vencer e queria manter essa dinâmica. Correu tudo bem, ela começou forte, mas manti a calma, apostei no meu jogo e acabou por dar certo, por isso estou muito feliz," comentou Gili Cohen sobre a sua final.

O Homem do Dia

A competir em -66kg, o francês Kilian Le Blouch revelou-se o nosso homem do dia. O judoca enfrentou e derrotou o russo a competir em casa Isa Isaev, com um forte Ouchi Gari, que lhe garantiu o seu primeiro título de Grand Slam.

"É difícil lutar com um judoca russo, com um russo a competir na Rússia. Porque o apoio do público é enorme, por isso preciso de mais concentração," afirmou numa entrevista.

Kilian Le Blouch enfrentou e derrotou o russo a competir em casa Isa Isaev, com um forte Ouchi Gari, que lhe garantiu o seu primeiro título de Grand Slam.

Nas restantes categorias, Unubold Lkhagvajamts, da Mongólia, conquistou a categoria de -60kg, na que foi a sua primeira vitória no Grand Slam, ao derrotar o nipónico Yuma Oshima.

A final da categoria de -48kg foi conquistada pela campeã olímpica Paula Pareto, da Argentina, que ficou radiante ao vencer a espanhola Julia Figueroa.

A primeira medalha para a nação anfitriã

Irina Dolgova levou o público da nação anfitriã ao rubro. A jovem russa dominou o combate em -48kg frente à adversária japonesa Tamami Yamazaki, derrubando-a duas vezes para marcar Waza-ari, primeiro com um Ashi-waza e depois usando a sua força para o controlo no tatami. A judoca alcançou a medalha de bronze para a Rússia, e a sua primeira medalha no campeonato do mundo este ano.

O Movimento do Dia

O nosso movimento do dia coube a Daria Mezhetskaia, nos -57kg. A atleta russa é famosa pela sua força e judo explosivo, que não perdeu tempo a demonstrar derrotando a adversária Sevara Nishanbayeva ao sexto segundo do combate.

O enorme Sode Tsuri Komi Goshi, uma das técnicas mais espetaculares do judo.

Com um enorme Sode Tsuri Komi Goshi, levantou a judoca cazaque no ar deixando-a de costas no tatami - uma das técnicas mais espetaculares de Judo.

A Comitiva Portuguesa

Portugal está presente na Rússia com sete judocas: Maria Siderot (-48 kg), Joana Ramos (-52 kg),Telma Monteiro (-57 kg), Bárbara Timo (-70 kg), Yahima Ramirez (-78 kg), Rochele Nunes (+78 kg) e Sergiu Oleinic (-66 kg).

Para além de Telma Monteiro e Joana Ramos, estiveram também hoje em prova Maria Siderot (-48 kg), que perdeu no segundo combate, e Sergiu Oleinic (-66 kg), que perdeu no primeiro.

No sábado, Bárbara Timo (-70 kg) será a única portuguesa em prova.

Yahima Ramirez (-78 kg) e Rochele Nunes (+78 kg) competem no domingo, último dia da competição.