A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Protestos contra governo albanês sobem de tom

Protestos contra governo albanês sobem de tom
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Na Albânia, um grupo de manifestantes a pedir eleições antecipadas tentou forçar a entrada no parlamento e acabou dispersado pela polícia, que usou gás lacrimogéneo e canhões de água. O protesto começou como uma marcha pacífica. Depois de duas voltas à roda de um edifício governamental perto do parlamento, um grupo separou-se do grosso da manifestação e avançou em direção ao parlamento. Estes manifestantes mais radicais começaram então a atirar pedras para a polícia.

É o quinto protesto desde que a oposição começou a pedir novas eleições, depois de acusações de corrupção e fraude no escrutínio que levou Edi Rama, do Partido Socialista Albanês, ao cargo de primeiro-ministro. O líder do principal partido da oposição já disse que o país não vai ter paz enquanto Rama não decretar novas eleições.

A Albânia espera começar, em junho, o processo de adesão à União Europeia.