Última hora

Última hora

Theresa May pronta para abdicar se isso permitir o "brexit"

Theresa May no interior de um veículo junto ao Parlamento britânico
Theresa May no interior de um veículo junto ao Parlamento britânico -
Direitos de autor
REUTERS/Henry Nicholls
Tamanho do texto Aa Aa

Primeira-ministra britânica Theresa MAy terá admitido estar pronta para abdicar do cargo se o seu acordo com o Bruxelas para o "brexit" for aprovado pelo Parlamento, local onde o documento já foi reprovado duas vezes.

A abertura da chefe de Governo britânico terá ocorrido numa reunião com os deputados do respetivo partido Conservador, num dia em que o Parlamento se prepara para votar uma série de alternativas ao acordo proposto por May.

"Isto tem sido um teste para o nosso país e poara o nosso partido", afirmou May aos camaradas conservadores, de acordo com uma nota partilhada pelo gabinete da primeira-ministra.

E prosseguiu: "Estamos quase lá. Estamos quase prontos a começar um novo capítulo e construirmos esse brilhante futuro, mas antes de o podermos fazer temos de acabar o trabalho que temos nas mãos."

"Eu ouvi claramente a vontade parlamentar. Sei que há um desejo de uma nova abordagem e de uma nova liderança, na segunda fase das negociações do 'brexit'. Eu não o vou bloquear", prometeu a primeira-ministra, sublinhando ser imperativo "conseguir fazer passar o acordo e entregar o 'brexit'" aos britânicos.

"Estou prepoarada para deixar este trabalho antes do que pretendia para conseguir o que está certo para o nosso país e para o nosso partido. Peço a toda a gente para apoiar o acordo para que possamos completar esta histórica tarefa de concretizar a vontade do povo britânico e sair da União Europeia de forma fcil e ordeira", concretizou.

[Em atualização]