Clima de alta tensão na fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza

Clima de alta tensão na fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Milhares de palestinianos estão concentrados na zona da fronteira entre Gaza e Israel para assinalarem o aniversário da "Grande Marcha do Retorno".

PUBLICIDADE

A tensão está ao rubro este sábado na fronteira entre a Faixa de Gaza e Israel. Este 30 de março assinala o primeiro aniversário da "Grande Marcha do Retorno", iniciada por milhares de palestinianos no ano passado e que desencadeou uma nova onda de violência. Só neste último ano cerca de 200 pessoas foram mortas e quase 800 ficaram feridas.

A Grande Marcha do Retorno foi um protesto pela expulsão de centenas de milhares de palestinianos durante o conflito que levou à criação do Estado de Israel, em 1948. Israel considerou-a uma provocação.

Este sábado, Israel reforçou o dispositivo militar junto da fronteira e alerta os palestinianos para se manterem a uma distância de 300 metros. Esperam-se, de novo, confrontos violentos.

Já esta manhã, um jovem palestiniano foi morto na zona da fronteira. Segundo as autoridades de saúde palestinianas, o jovem de 21 anos foi atingido por estilhaços de tiros israelitas. Fontes militares israelitas afrmam desconhecer o incidente.

Os confrontos israelo-palestinianos continuam apesar das tentativas egípcias de mediação de negociações de paz.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Londres: Mais de cem pessoas detidas em manifestação pelo clima

Ataques israelitas a campos de refugiados em Gaza fazem vários mortos e feridos

Israel mata comandante do Hezbollah no Líbano