Última hora
This content is not available in your region

Judo holandês domina Tbilisi

euronews_icons_loading
Judo holandês domina Tbilisi
Tamanho do texto Aa Aa

No segundo dia do Grande Prémio de Judo de Tbilisi, uma dupla vitória holandesa. Frank De Wit foi o primeiro a mostrar trabalho e arrecadou a medalha de ouro em -81Kg, onde o português Anri Egutidze foi quinto classificado.

Durante todo o dia, De Wit mostrou um vasto leque de técnicas fantásticas. Talvez a atmosfera criada pelos georgianos tenham inspirado De Wit a seguir o exemplo do grande judoca georgiano Shota Khabareli.

Totalmente envolvido no judo, o holandês realizou algumas das projeções mais emocionantes, sempre no fio da navalha.

"Para mim é muito importante, o meu treinador não gosta muito. Na final de hoje, começámos como se quiséssemos ser um pouco estratégicos, e em cinco segundos estávamos no clinch, e isso pode pender para qualquer um dos lados. Mas para mim é muito importante porque é o meu estilo de Judo. Eu gosto do Judo assim, mas às vezes tenho que ser mais técnico. É talvez por isso que não ganho nenhuma medalha de ouro desde 2017," dclarou Frank De Wit.

Sanne Vermeer e Geke Van Den Berg são verdadeiras amigas fora do tatame, mas em Tbilisi não havia espaço para isso, apenas respeito.

Do duelo, Sanne Vermeer saiu como vencedora ao afirmar-se perante a sua compatriota com um rápido Ashi Guruma na primeira troca e garantindo o Osaekomi para Ippon.

"Acho que na equipa holandesa treinamos muito intensamente. Acho que nós só queremos ir à luta e dar o nosso melhor. Com a minha adversária é a mesma coisa. Então, parece um jogo de espelhos. Eu quero que ela vença, mas quero que seja eu a ganhar ainda com mais intensidade. Estava muito nervosa e estou muito feliz por ter vencido," afirmou Sanne Vermeer após a conquista da medalha de ouro em -63Kg.

O francês Guillaume Chaine apresentou-se concentradíssimo. Depois de ficar à porta da elite dos -73 quilos nos últimos meses, a perseverança foi recompensada em Tbilisi. Atacou cedo com um maravilhoso Ouchi Gari e derrotou o cubano Magdiel Estrada.

O movimento do dia tem a assinatura de Alpha Oumar Djalo. O judoca francês lidera o grupo dos atletas mais explosivos da competição mundial. Com um colossal Ura Nage contra Bohdan Zusko deu uma mostra do seu poder - tirou o ucraniano do chão, ambos os judocas levantaram voo, e regressam à Terra para um Ippon poderoso.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.