Última hora

Última hora

Barnier diz que "no-deal é provável"

Barnier diz que "no-deal é provável"
Tamanho do texto Aa Aa

Um dia depois de os deputados britânicos terem chumbado novamente todas as alternativas ao acordo da primeira-ministra com Bruxelas, o negociador da União Europeia para o Brexit foi ao Parlamento Europeu dizer que a saída do Reino Unido sem acordo parece ser o caminho mais provável.

"Hoje, na situação que estamos, a opção "No deal" é provável. Tenho a responsabilidade de dizer a verdade. Mas nós devemos preparar-nos e estamos preparados há muitos meses. O Brexit monopolizou a agenda europeia nos últimos meses... Muita energia e muito tempo. Penso que devemos dedicar esta energia e este tempo a uma agenda positiva", desejou Michel Barnier.

Na sua intervenção, Barnier referiu-se aos deputados britânicos mais extremistas como Nigel Farage: "Estas pessoas querem destruir a União Europeia a partir de dentro e outros desde fora. É por isso, que temos de cuidar da União Europeia, mesmo se a tivermos de reformar".

O coordenador do Parlamento Europeu para o Brexit, Guy Verhofstadt, e líder dos Liberais, escreveu no Twitter, que "um Brexit duro é quase inevitável" e que "na quarta-feira, o Reino Unido tem uma última oportunidade de acabar com o impasse ou enfrentar o abismo. "

Se os deputados britânicos não votarem a favor, Barnier diz que há apenas duas opções: uma saída sem acordo ou o Reino Unido pede que o artigo 50 se prolongue além de 22 de maio.