Última hora

Última hora

"Play it Loud": MET celebra o Rock & Roll

"Play it Loud": MET celebra o Rock & Roll
Direitos de autor
Lusa/EPA/JUSTIN LANE
Tamanho do texto Aa Aa

De Jimi Hendrix a Chuck Berry, dos Beatles aos The Who ou de Prince a Bob Dylan, "Play it Loud: Instruments of Rock & Roll" é a nova exposição do MET, o Metropolitan Museum of Art de Nova Iorque, que explora um género musical e um dos mais influentes movimentos artísticos do século 20 através dos instrumentos usados pelos maiores ícones do rock, em todas as suas variantes.

Max Hollein, diretor do MET: "É uma exposição sobre o Rock & Roll, que é um estilo de vida cultural, algo que mudou o século 20. O que nós queremos mostrar é realmente os utensílios, os instrumentos que exprimem isso. É uma exposição sobre objetos de arte, artefactos culturais."

Jayson Dobney, curador: "É um momento ideal, porque este é um dos mais importantes movimentos artísticos das nossas vidas, da nossa geração. O Rock & Roll tem 70 anos e ainda há um grande número de lendas vivas que podem participar."

A exposição no MET só abre oficialmente as portas ao público na próxima segunda-feira, mas o museu nova-iorquino comemorou o acontecimento com um evento que reuniu "lendas vivas" da guitarra, como Don Felder, dos Eagles, Tina Weymouth, dos Talking Heads, ou Jimmy Page. O cofundador dos Led Zeppelin emprestou sete instrumentos à exposição, incluindo a sua emblemática guitarra acústica de seis cordas "Harmony".

Jimmy Page: "Escrevi canções com ela, porque a questão é que não é o tipo de coisa em que vamos para casa, montamos um enorme sistema de amplicadores e tocamos umas passagens. Para explorar a guitarra e o processo de escrita, fazia isso na acústica a maior parte do tempo. Nem sempre, mas a maior parte do tempo."

Se passar por Nova Iorque até 1 de outubro, não hesite em dar um salto ao MET para ver de perto um conjunto único de instrumentos que marcaram a história do Rock & Roll.