A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Relatório iliba pilotos do Boeing 737 Max

Relatório iliba pilotos do Boeing 737 Max
Direitos de autor
Reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um relatório preliminar sobre o acidente aéreo envolvendo um Boeing 737 Max das Linhas Aéreas Etíopes afirma que os pilotos seguiram os procedimentos recomendados. Segundo o ministro etíope dos transportes, apesar dos esforços dos pilotos estes não teriam conseguido controlar o aparelho que se despenhou matando 157 pessoas.

"No fim de contas, o objetivo geral desta investigação é garantir que existe segurança no setor da aviação. Não se trata de responsabilizar ninguém, mas há coisas que vamos passar a fazer. Enquanto governo estamos empenhados em trabalhar nisso de forma a obter os melhores resultados e certificar-nos que oferecemos um ambiente de aviação seguro", disse a ministra etíope dos transportes, Dagmawit Moges.

O voo ET302 das Linhas Aéreas Etíopes despenhou-se pouco de depois de levantar voo do aeroporto de Addis Abeba.

Tratou-se do segundo acidente aéreo de um aparelho Boeing 737 Max no espaço de cinco meses.

Em outubro do ano passado, um aparelho da companhia aérea Lion Air despenhou-se na Indonésia matando todos os 189 passageiros.