Última hora
This content is not available in your region

Relatório iliba pilotos do Boeing 737 Max

euronews_icons_loading
Relatório iliba pilotos do Boeing 737 Max
Direitos de autor  Reuters
Tamanho do texto Aa Aa

Um relatório preliminar sobre o acidente aéreo envolvendo um Boeing 737 Max das Linhas Aéreas Etíopes afirma que os pilotos seguiram os procedimentos recomendados. Segundo o ministro etíope dos transportes, apesar dos esforços dos pilotos estes não teriam conseguido controlar o aparelho que se despenhou matando 157 pessoas.

"No fim de contas, o objetivo geral desta investigação é garantir que existe segurança no setor da aviação. Não se trata de responsabilizar ninguém, mas há coisas que vamos passar a fazer. Enquanto governo estamos empenhados em trabalhar nisso de forma a obter os melhores resultados e certificar-nos que oferecemos um ambiente de aviação seguro", disse a ministra etíope dos transportes, Dagmawit Moges.

O voo ET302 das Linhas Aéreas Etíopes despenhou-se pouco de depois de levantar voo do aeroporto de Addis Abeba.

Tratou-se do segundo acidente aéreo de um aparelho Boeing 737 Max no espaço de cinco meses.

Em outubro do ano passado, um aparelho da companhia aérea Lion Air despenhou-se na Indonésia matando todos os 189 passageiros.