A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Abelhas de Notre Dame sobreviveram às chamas

Abelhas de Notre Dame sobreviveram às chamas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As abelhas de Notre Dame sobreviveram ao incêndio que destruiu, na semana passada, grande parte do telhado da catedral parisiense.

Temia-se que as cerca de 180 mil abelhas, que estavam em três colmeias, na cobertura do templo, tivessem morrido.

O apicultor de Notre Dame, Nicolas Geant, confirmou que as colmeias não foram atingidas pelas labaredas e explica como é que as abelhas conseguiram sobreviver.

"A reação intuitiva das abelhas face ao fumo, elas empanturram-se de mel e ficam mais calmas. O que suponho que ocorreu aqui foi que mesmo que as chamas e o fumo fossem subindo para o céu, creio que as que as abelhas, perante o fumo, se empanturram de mel", conta.

As três colmeias foram colocadas no telhado da Catedral de Notre Dame em 2013 com o objetivo de aumentar o número de árvores polinizadas em Paris.