Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Primeira volta das presidenciais afasta primeiro-ministro lituano

Primeira volta das presidenciais afasta primeiro-ministro lituano
Direitos de autor
REUTERS
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A primeira volta das eleições presidenciais na Lituânia não permitiu definir diretamente o sucessor de Dalia Grybauskaite, mas marcou o afastamento do atual primeiro-ministro.

O país irá novamente às urnas a 26 de maio, para escolher entre o economista Gitanas Nauseda e a ex-ministra das Finanças Ingrida Simonyte.

Apesar da falta de experiência política, o candidato independente, que venceu a primeira volta do escrutínio este domingo, é visto como o favorito. Mas, com cerca de 31% dos votos, ficou apenas dois pontos à frente da candidata da União Patriótica, de centro-direita.

Ambos os candidatos fizeram campanha com as promessas de combater a corrupção e as desigualdades sociais.

O grande perdedor da primeira volta é o primeiro-ministro Saulius Skvernelis, que pensava poder aceder à chefia do Estado mas acabou por convencer apenas cerca de 20% do eleitorado. No rescaldo da derrota, o chefe do governo anunciou a demissão, efetiva a partir da data de fim do mandato da presidente lituana, a 12 de julho.