A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Inteligência Artificial: para além dos humanos

Inteligência Artificial: para além dos humanos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Ficção científica ou a melhor amiga do homem? A inteligência artifical está no centro de uma nova exposição, em Londres, Inglaterra, para explorar o significado de ser humano num mundo em mudança.

Da arte e robótica à produção de notícias falsas, à automação e ao reconhecimento facial, os curadores esperam gerar debate sobre o futuro das máquinas e da humanidade.

"Acho que a densidade da inteligência artifical nas nossas vidas está a aumentar muito. Estamos agora no ponto em que se está se tornar confuso, em que sentimos que as coisas nos ultrapassam. Portanto, é um bom momento para recuar e refletir sobre este momento para construirmos um novo caminho", afirma Suzanne Livingston, uma das curadoras convidadas.

Nesta exposição, a ideia de inteligência artifical recua até à Idade Média, uma época onde o desejo de ampliar a inteligência, através de mecanismos artificiais começou a surgir.

Artistas, cientistas e investigadores convidam quem visita a interagir para explorar a relação com a inteligência artificial.

"AI: More than Human" pode ser visitada no Centro Barbican, em Londres, até ao dia 26 de agosto.