EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Protesto na sede da Bayer-Monsanto em Paris

Protesto na sede da Bayer-Monsanto em Paris
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com AFP
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Em Paris, um grupo de ativistas aproveitou o Dia Mundial da Biodiversidade para organizar um protesto contra o fabricante do mais infâme herbicida do mundo

PUBLICIDADE

Um "caos ambiental" e uma "natureza morta" para denunciar as "atividades nocivas" dos gigantes da indústria agroquímica. Cinquenta ativistas investiram esta quarta-feira o "hall" de entrada da sede da Bayer-Monsanto em Paris com dois pedidos concretos: que o gigante dos herbicidas acabe com o "lobbying agressivo" e se comprometa a "pôr fim à produção do glifosato até 2021".

Uma ativista da associação ATTAC explicava que pretendem "com esta ação, mostrar o modelo destrutivo promovido durante décadas pela Monsanto, incluíndo o uso destruidor de pesticidas para a biodiversidade e os seres vivos em geral".

Uma porta-voz da Bayer em França afirmou que o grupo está disposto a debater as suas atividades, mas lamentou "a forma desta manifestação contra a empresa".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bayer e Basf condenadas nos Estados Unidos

Protestos dos agricultores abrandam em França

Residentes de Marselha abrem guerra ao Alojamento Local