EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Protestos dos agricultores abrandam em França

Gabriel Attal
Gabriel Attal Direitos de autor Aurelien Morissard/Copyright 2024 The AP. All rights reserved.
Direitos de autor Aurelien Morissard/Copyright 2024 The AP. All rights reserved.
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Primeiro-Ministro garantiu que o executivo vai simplificar os procedimentos burocráticos e reduzir o imposto sobre o gasóleo.

PUBLICIDADE

Depois de vários dias de protestos, os agricultores franceses começaram a levantar os bloqueios de estradas que provocaram o caos no trânsito e forçaram concessões do governo do Presidente Macron. Os manifestantes querem medidas para fazer face ao aumento dos custos, à queda dos salários e ao excesso de regulamentação. O governo promete soluções.

Numa visita a uma exploração pecuária, o Primeiro-Ministro garantiu que o executivo vai simplificar os procedimentos burocráticos e reduzir o imposto sobre o gasóleo.

"Decidimos colocar a agricultura acima de tudo. Este é um dia importante para a agricultura francesa, para o mundo agrícola, para os nossos agricultores, aqui na região da Occitânia e em toda a França", disseGabriel Attal.

Apesar dos compromissos, o impasse com os agricultores pode não ter terminado e é provável que as queixas se tornem uma questão importante nas eleições europeias de junho. Em toda a União Euopeia, as sondagens sugerem que os movimentos de extrema-direita podem capitalizar a raiva rural em detrimento dos partidos tradicionais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Centenas de tratores bloqueiam estradas europeias em mais um dia de protestos dos agricultores

Chama olímpica ilumina a parada militar do Dia da Bastilha em França

Legislativas antecipadas mergulham França na incerteza política sem primeiro-ministro no horizonte