A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Chelsea e Arsenal a postos para polémica final em Baku

Chelsea e Arsenal a postos para polémica final em Baku
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Chelsea e Arsenal afinam os últimos aspetos para a final da Liga Europa em futebol, agendada para esta quarta-feira em Baku, no Azerbaijão.

E é precisamente o local da final que está a gerar polémica entre os ingleses, confrontados com um pesadelo logístico para assistir ao jogo numa cidade a mais de 4600 quilómetros de Londres.

Os poucos voos diretos desde a capital inglesa para Baku obrigaram muitos fãs a seguirem vias alternativas por Istambul ou Kiev.

No entanto, há outro incidente a ensombrar a decisão da segunda competição da UEFA.

O Arsenal confirmou a ausência do médio arménio Henrikh Mkhitaryan, de 30 anos, por temer pela segurança do jogador devido às tensões políticas entre Arménia e Azerbaijão, com base no conflito territorial, étnico e político de Nagorno-Karabakh.

A anunciada indisponibilidade do internacional arménio foi já lamentada pelo defesa grego Sokratis, que salientou que a vontade da equipa é poder ganhar para dedicar o título a Mkhitaryan.

"É claro que é uma grande perda para nós. Estamos muito tristes. Mas isso é uma questão política e não podemos falar muito sobre isso. Estamos tristes e agora temos de vencer também por ele e pelos jogadores que estiveram lesionados todo o ano", salientou o internacional helénico.

Do outro lado, o Chelsea também afina os últimos detalhes na preparação do jogo. A equipa de Maurizio Sarri, que venceu este troféu em 2013, espera poder conquistar o primeiro título da temporada, depois de ficar apenas em terceiro lugar na Premier League.

No entanto, a véspera da final ficou também marcada por um desentendimento entre o central brasileiro David Luiz e o avançado argentino Gonzalo Higuaín.

A final pode marcar também a despedida de alguns jogadores do clube, nomeadamente de Eden Hazard.

O internacional belga está há seis épocas em Londres e deve rumar neste verão ao Real Madrid.

A final da Liga Europa entre Arsenal e Chelsea está marcada para esta quarta-feira.