Mike Pompeo visita Europa e deixa recados

Mike Pompeo visita Europa e deixa recados
Direitos de autor REUTERS/Fabrizio Bensch
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O secretário de Estado norte-americano começou, na Alemanha, um périplo pela Europa. Pompeo procura sugestões diplomáticas para diminuir as tensões entre os Estados Unidos e o Irão e deixou avisos em relação à empresa chinesa Huawei.

PUBLICIDADE

O Secretário de Estado norte-americano avisou, esta sexta-feira, os aliados europeus para vetarem a Huawei, caso contrário os Estados Unidos restringem a partilha de dados militares.

Mike Pompeo começou na Alemanha um périplo pela Europa.

"Há um trabalho importante a fazer pelos nossos dois países juntamente com os nossos parceiros da NATO e com todos os nossos aliados para garantir a estabilidade e a paz no maior número possível de países do mundo".

Pompeo procura, também, sugestões diplomáticas para diminuir as tensões entre os Estados Unidos e o Irão.

"Vamos discutir vários problemas pois o mundo está em grande inquietação. Vamos centrar-nos, em especial, na questão do Irão, em como podemos impedir o Irão de possuir armas nucleares e de como podemos impedir outras ações agressivas por parte do Irão", referiu a chanceler germânica, Angela Merkel.

A Alemanha, tal como vários países da União Europeia, mostra-se cética sobre as relações duras entre Washington e Teerão. Berlim defende o acordo de 2015 sobre o programa nuclear iraniano, do qual Donald Trump retirou os Estados Unidos da América, em 2018.

Em protesto contra a decisão unilateral norte-americana e ao restabelecimento das sanções, que afetam duramente a sua economia, o Irão anunciou, a oito de maio, que deixaria de limitar as reservas de urânio e água pesada.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Detido na Alemanha um dos três membros da Fação do Exército Vermelho

Partido da coligação de governo perde um lugar no parlamento alemão

Preço das casas faz aumentar número de pessoas em situação de sem-abrigo na Alemanha