Última hora
This content is not available in your region

Tiroteio faz 12 mortos nos EUA

euronews_icons_loading
Tiroteio faz 12 mortos nos EUA
Direitos de autor  WAVY-TV/NBC/via REUTERS
Tamanho do texto Aa Aa

Pouco passava das quatro da tarde quando um funcionário dos serviços municipais de Virginia Beach, nos Estados Unidos, entrou num edifício camarário e começou a disparar indiscriminadamente. Matou 12 pessoas e fez 4 feridos antes de ser abatido pelas autoridades.

O responsável pela polícia local, James Cervera, explica que "foi através do som dos disparos que os agentes conseguiram localizar o piso onde o massacre estava a acontecer. A seguir houve uma longa troca de tiros com o suspeito".

Ao que tudo indica, o homem possuía uma vasta quantidade de munições. O sítio onde o tiroteio decorreu foi descrito como "uma zona de guerra".

Momento em que a polícia de Virginia Beach entra no edifício

Uma testemunha conta que, quando se apercebeu de que havia um atirador no edifício, barricou-se num gabinete e ligou para a polícia, para que viesse o mais rapidamente possível.

Segundo a ONG Gun Violence Archive, desde o início do ano, já houve cerca de 150 tiroteios envolvendo várias vítimas nos Estados Unidos.

As razões que levaram o atirador a cometer este ato são ainda desconhecidas.