A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Uganda confirma primeiro caso de Ebola

Uganda confirma primeiro caso de Ebola
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A ministra ugandesa da saúde confirmou a existência de um caso de ebola no país com origem na República Democrática do Congo.

O anúncio foi feito na terça-feira na capital, Campala. A ministra procurou acalmar os receios afirmando terem sido tomadas medidas para gerir a situação.

"Os funcionários de saúde detectaram uma criança num hospital na região ocidental do país com sintomas de Ebola e foi de imediato transferida e isolada numa unidade de tratamento no hospital de Bwera. Todas as outras famílias congolesas foram identificadas e estão sob isolamento no hospital de Bwera", adiantou Jane Ruth Aceng aos jornalistas.

Desde o início da epidemia de Ebola na República Democrática do Congo em agosto do ano passado, pelo menos 1 390 pessoas teriam perdido a vida.

Na segunda-feira, o ministério congolês da saúde anunciou que foram registados 2 062 casos.

Esta não é a primeira vez que o Uganda se vê a braços com uma epidemia de Ebola.
O sistema de saúde local é considerado relativamente robusto para lidar com estas situações.