Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Trump adia deportação de imigrantes ilegais

Trump adia deportação de imigrantes ilegais
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Uma trégua de duas semanas. Na segunda-feira, Donald Trump tinha afirmado que iria deportar milhões de imigrantes que se encontram ilegais nos Estados Unidos, no fim da semana voltou à carga para dar uma trégua de quinze dias.

Em publicação no Twitter, como é seu apanágio, o presidente norte-americano referiu que a pedido dos democratas tinha decidido adiar o processo de deportação para dar aos dois partidos a oportunidade de encontrar uma solução para os problemas de asilo e os vazios legais na fronteira com o México.

A líder da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi, não tinha poupado nas críticas à proposta inicial, referindo que eram medidas "sem coração" que iriam destruir famílias e aterrorizar as comunidades do país. Já reagiu ao adiamento, também no Twitter, referindo que este era bem-vindo, que era necessário tempo para uma reforma da imigração compreensiva e que as famílias devem permanecer juntas.