A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Portugal longe da vaga de calor europeia

Portugal longe da vaga de calor europeia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Portugal escapou à onda de calor que está a afetar o resto da Europa, graças a uma depressão estacionada no Oceano Atlântico, a noroeste da Península Ibérica.

"Esta praia em Matosinhos, junto ao Porto, costuma estar cheia nesta época do ano, mas sem sol e com as temperaturas abaixo dos 20 graus, só encontrámos surfistas e algumas pessoas vestidas", explica a correspondente da euronews, Filipa Soares.

Jornalista: Foi surpreendida pelo tempo em Portugal?

Sabina Fricke, turista alemã: Sim, estou bastante surpreendida, porque pensei que ia estar sol e um pouco mais quente do que na Alemanha.

Dalila Sousa, residente local: Eles vêm cá de férias 15 dias e vinham para ter sol, para aproveitar a praia... Nesta época era natural já haver sol e calor, mas parece que não vão ter sorte. Na Suíça está mais calor do que aqui.

Os negócios de praia estão a ser afetados pelo tempo que se tem feito sentir...

"Não havendo calor, não havendo sol, as pessoas não vêm, como vê. Está tudo vazio. Vinha o mês de junho, era um mês de calor e nunca mais parava. Hoje não. Estamos num clima tropical. Temos dois, três dias de sol; três, quatro de chuva e assim tem sido. No ano passado o mês de junho foi melhor do que este ano. Para nós foi melhor", adianta Manuel Costa e Silva, comerciante.

"Obviamente que este tempo mais esquisito influencia sempre a adesão ao surf e à praia em si", adianta Artur Silva, instrutor de uma escola de surf.

Jornalista: Espera que o tempo melhore nos próximos dias?

Artur Silva: Eventualmente. Acho que vai melhorar.

A partir desta quinta-feira a chuva deve parar e as temperaturas devem subir em Portugal, mas devem ficar abaixo dos 30 graus celsius, ao contrário do que está a acontecer no resto da Europa.