A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Incêndio na Catalunha enfrenta pior dia de calor

Incêndio na Catalunha enfrenta pior dia de calor
Direitos de autor
REUTERS/Albert Gea
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Aquele que é já o pior incêndio dos últimos 20 anos na Catalunha segue descontrolado, à medida que os bombeiros se preparam para o dia mais quente da onda de calor que assola a região.

Mais de 6500 hectares arderam e as autoridades temem que chegue aos 20 mil.

Cumpriu-se a regra dos 30, dizem os especialistas. Mais de 30 graus celsius, com menos de 30% de humidade e rajadas de vento superiores a 30 quilómetros por hora ditaram o início das chamas que consomem Tarragona desde há dois dias.

As causas do incêndio ainda estão por apurar, mas as autoridades locais acreditam que a ignição possa ter ocorrido de forma espontânea a partir de estrume mal gerido.

Com as temperaturas a chegar aos 40°, esta sexta-feira, as hipóteses de extinção do fogo não são muito promissoras.