A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

França aperta cerco a veículos poluentes

França aperta cerco a veículos poluentes
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A vaga de calor que se faz sentir em França assentou que nem uma luva ao endurecimento das medidas anti-veículos poluentes.

A partir desta segunda-feira, mais automóveis terão de ficar na garagem. Caso contrário, os proprietários arriscam sanções por não estarem em conformidade com as regras alargadas a várias zonas que integram a grande área metropolitana de Paris.

Depois da capital francesa, as viaturas identificadas com o selo adesivo Crit'Air 5 ou não classificadas (gasolina antes de 1997, gasóleo antes de 2001), estão também impedidas de circular em comunas da periferia da capital de forma permanente.

Mas não é tudo. Os veículos também classificados com o selo Crit'Air 4 (gasóleo antes de 2006), o segundo nível mais poluente, estão agora igualmente afastados das ruas parisinas.

A classificação tem em conta o tipo de combustível e na prática os veículos a gasóleo anteriores a 2006 estão impedidos de circular entre as 08:00h e as 20:00h durante a semana. Na região de I'lle de France, que integra a capital francesa, a medida afeta mais de 70% da população. Depois da sensibilização começaram as chegar as multas. Oscilam entre os 68 euros para os veículos de menor tamanho e os 135 euros para os de maior porte.

A partir de 2024, a medida também afetará os veículos a gasóleo anteriores a 2010 e a gasolina fabricados antes de 2005.