Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Semana da alta costura em Paris

Semana da alta costura em Paris
Direitos de autor
REUTERS/Regis Duvignau
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Durante a semana da alta costura, todas as luzes da cidade luz estiveram apontadas para os grandes nomes da indústria da moda - Paris recebeu as novas coleções. A Dior vestiu-se de negro; decidiu jogar em casa e apresentou as propostas de Maria Grazia Chiuri, na Avenue Montaigne.

Uma coleção com uma cenografia escura, como as peças apresentadas... A vibração gótica apareceu com vestidos longos, fatos pretos e plumas negras. No fim do desfile, a peça de resistência: uma casa de bonecas dourada inspirada na obra dos anos 70 da artista Penny Slinger.

Maria Grazia Chiuri recebeu uma das mais altas condecorações de França, a Legião de Honra, por ter revigorado a Casa Dior e for ter colocado o feminismo acima da feminilidade.

Celine Dion foi até Paris, para descobrir as últimas peças da estilista Iris Van Herpen. Sempre vanguardista, a criadora apresentou uma coleção chamada "hipnose" que combina transparências, superposição e movimento, para criar uma ilusão ótica.

"Inspirei-me muito no trabalho de Anthony Howe esta temporada. É um escultor americano que faz obras cinéticas muito bonitas e uma delas foi feita para o desfile de hoje. O trabalho dele é muito hipnótico. Ele observa a natureza e traduz os padrões da natureza nas esculturas cinéticas. Quis traduzir a emoção do trabalho dele nesta coleção."
Iris van Herpen

O estilista holandesa fechou o desfile com um vestido original que exigiu quatro meses de trabalho e surpreendeu Paris.