A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Putin foi a Roma e ao Vaticano

Putin foi a Roma e ao Vaticano
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A repórter da Euronews, Giorgia Orlandi, que acompanhou a visita do presidente russo, Vladimir Putin, a Roma e ao Vaticano, fala-nos das diversas etapas:

"O encontro entre o presidente russo Vladimir Putin e o Papa Francisco começou com algum atraso: um encontro que durou cerca de 60 minutos. É a terceira vez que os dois se encontram.

De um lado, a ação pacificadora do Papa; do outro, os temas quentes para o presidente russo Vladimir Putin, como a Líbia, a Síria, a Venezuela e especialmente a Ucrânia, onde ocorreu o cisma entre a igreja ortodoxa ucraniana e a russa por causa do conflito no leste do país, que causou mais de 10.000 mortes.

Depois do encontro com o Papa Francisco, Putin terá alguns encontros institucionais: Primeiro com o presidente Sérgio Mattarella, depois com o presidente do Conselho, Giuseppe Conte e, finalmente, um jantar onde também estarão presentes os vice-primeiros-ministros Salvini e Di Maio.

E, finalmente, antes de partir, o encontro com seu amigo de sempre, Silvio Berlusconi".