Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Dia 2 do GP de Judo de Montreal: Japão e Canadá lideram em medalhas

Dia 2 do GP de Judo de Montreal: Japão e Canadá lideram em medalhas
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O segundo dia do Grande Prémio de Montreal começou com a cerimónia inaugural na lotada Arena Maurice Richard, que incluíu um programa cultural apresentado pela comunidade indígena Mohawk.

O dia sorriu mais ao Japão, que conquistou duas medalhas de ouro, e também à nação anfitriã.

O Homem do Dia

Em ação hoje em -81kg esteve o nipónico Takanori Nagase, que se revelou o nosso homem do dia. Campeão do mundo em 2015, o judoca defrentou e superou, com um uchi-mata impressionante, o canadiano medalhista olímpico de bronze Antoine Valois-Fortier, somando mais uma medalha à sua coleção na prova.

"Últimamente tenho tido dificuldades em provas internacionais. E esta é a minha primeira medalha de ouro ao fim de muito tempo. Sinto que estou a progredir e a voltar à minha melhor forma."
Takanori Nagase

A Mulher do Dia

Com o forte apoio dos fãs, a canadiana Kelita Zupancic lutou frente à alemã Giovanna Scoccimarro na final de -70kg, mas foi a alemã quem reivindicou a medalha de ouro com o arremesso para ippon e se sagrou a nossa mulher do dia.

A judoca foi condecorada pela directora-executiva da organização desportiva canadiana Own The Podium, Anne Merklinger.

Giovanna Scoccimarro
"No princípio estava nervosa. Mas eu e meu treinador resolvemos que temos que absorver toda esta atmosfera e energia positiva e, com isso, senti-me bem, ganhei confiança. Estávamos a escassos segundos do fim e pensei que tinha mesmo que a dominar, que é agora ou nunca."
Giovanna Scoccimarro

As restantes categorias em prova

Na final de -73kg, o japonês campeão do mundo de 2017 Soichi Hashimoto defrentou e venceu Victor Scvortov, dos Emirados Árabes Unidos, com um waza-ari seguido de um golpe de braços. Um contra-ataque oportuno e decisivo, que lhe valeu a medalha de ouro.

O nipónico Soichi Hashimoto venceu Victor Scvortov, dos Emirados Árabes Unidos, com um waza-ari seguido de um golpe de braços, na final de -73kg.

Em -63kg, a sul-coreana Mokhee Cho sagrou-se campeã ao superar na final a britânica Amy Livesy. Esta foi a sua primeira medalha de ouro de sempre num Grande Prémio.

A brasileira Alexia Castilhos arrebatou, comovida, a medalha de bronze da categoria.

Para além das duas medalhas de prata, a nação anfitriã ganhou também duas medalhas de bronze.

A favorita Catherine Beauchemin-Pinard arrebatou uma medalha de bronze nos -63kg ao vencer a australiana Katharina Haecker e o compatriota Antoine Bouchard prevaleceu sobre o brasileiro Eduardo Barbosa em -73kg, levando o público ao rubro. Um dia óptimo para o Canadá.

Recorde-se que a portuguesa Catarina Costa conquistou ontem na prova a medalha de prata da categoria de -48 kg e Maria Siderot alcançou o sétimo lugar na mesma categoria.