Última hora
This content is not available in your region

Jardim de corais moles nos Açores

euronews_icons_loading
Jardim de corais moles nos Açores
Tamanho do texto Aa Aa

Um jardim de corais moles foi descoberto no mar dos Açores, no âmbito da expedição luso-espanhola “Explosea 2” estacionada no arquipélago para estudar emissões submarinas associadas ao vulcanismo.

É a primeira vez que uma expedição organizada por instituições espanholas e portuguesas localiza um jardim de corais moles em águas portuguesas e é o primeiro registado nos Açores.

Em comunicado, o Ministério do Mar revelou que os corais foram localizados entre 125 e 160 metros de profundidade, na zona dos Capelinhos, na ilha do Faial.

Segundo Luis Somoza, chefe da expedição, esta é "uma descoberta extraordinária porque nasceu num de cones vulcânicos submarinos na zona dos Capelinhos que esteve em erupção há 52 anos".

A descoberta da expedição “Explosea 2” reforça a posição dos Açores como um dos locais do mundo com maior potencial de descoberta científica e de conhecimento do mar.

No início da semana, o arquipélago foi classificado como um Hope Spot (Local de Esperança) para a protecção dos oceanos pela fundação Mission Blue. Os Locais de Esperança são áreas essenciais para a saúde dos oceanos.

A fundação norte-americana explicou que o objectivo desta classificação é “divulgar a importância dos Açores como habitat de diferentes espécies marinhas, promover acções de exploração e protecção do oceano e apoiar as comunidades locais”.