A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Boris Johnson indigitado primeiro-ministro hoje

Boris Johnson indigitado primeiro-ministro hoje
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O novo líder do Partido Conservador britânico, Boris Johnson, vai ser indigitado primeiro-ministro britânico esta tarde, após a demissão de Theresa May.

Posteriormente será desencadeada a formação de um novo governo com a missão prioritária de concluir o processo do 'Brexit'.

O ex-ministro dos Negócios Estrangeiros e ex-presidente da Câmara de Londres prometeu "cumprir o Brexit e derrotar o líder da oposição Jeremy Corbyn".

Do lado da União Europeia não se anteveem facilidades.

"Temos tempos difíceis pela frente. Acho que é muito importante construir uma boa e forte relação de trabalho porque temos o dever de entregar algo que seja bom para as pessoas na Europa e para as pessoas no Reino Unido, então eu estou ansiosa por trabalhar com ele," declarou a presiente da Comissâo Europeia, Ursula von der Leyen.

Nos Estados Unidos, como era de esperar, Donald Trump teceu rasgados elogios

"Temos um homem realmente bom, agora ele vai ser o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson. Bom homem, ele é duro e inteligente. Eles chamam-lhe Britian-Trump. Algumas pessoas dizem que é uma coisa boa, que lá eles gostam de mim. É o que eles querem, é o que eles precisam. Ele vai conseguir, Boris é bom. Vai fazer um bom trabalho," afirmou o Presidente dos EUA, Donald Trump.

O novo líder conservador assumirá o cargo de primeiro-ministro após uma audiência com a rainha no Palácio de Buckingham.

Depois de entrar em Downing Street, espera-se que Boris Johnson anuncie alguns dos nomes que quer a ocupar altos cargos, incluindo o de ministro das Finanças e o de ministro do Interior.