GP de Zagreb: cinco medalhas para cinco países e Telma Monteiro em sétimo

GP de Zagreb: cinco medalhas para cinco países e Telma Monteiro em sétimo
De  Monica Carlos
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A portuguesa foi eliminada pela sul-coreana Jandi Kim.

PUBLICIDADE

Teve início na sexta-feira o Grande Prémio de Judo de Zagreb, na Croácia - a última prova do Circuito Mundial da Federação Internacional de Judo (FIJ) antes do Campeonato do Mundo.

A prova conta com a participação de 558 atletas de 87 nações e em acão estiveram hoje os masculinos das categorias de -60kg e -66kg e os femininos de -48kg, -52kg e -57kg. . O Canadá, Cazaquistão, Espanha, Japão e Uzbequistão arrebataram as medalhas de ouro do dia.

Jessica Klimkait, finalmente a de ouro

A canadiana Jessica Klimkait reivindicou a sua primeira medalha de ouro num Grande Prémio, revelando-se a nossa mulher do dia. A judoca superou na meia-final de -57kg a britânica vice-campeã do mundo Nekoda Smythe-Davies, por Ouchi-gari, e venceu na final a japonesa Momo Tamaoki.

Jessica Klimkait e Momo Tamaoki

O Diretor de Arbitragem da Federação Internacional de Judo, Jan Snijders, premiou a atleta do Canadá.

Jessica Klimkait
É ótimo conquistar esta vitória a apenas um mês do Campeonato do Mundo. Tenho conquistado medalhas nas últimas provas mas estava em busca de uma medalha de ouro. Estou muito contente, é uma sensação fantástica.
Jessica Klimkait

Alberto Gaitero Martin, uma vitória premeditada

O espanhol Alberto Gaitero Martin sagrou-se o nosso homem do dia. Na final, o judoca lutou frente ao colosso da Moldávia Denis Vieru, o campeão do Grand Slam de Baku e do Grand Slam de Paris, que apanhou de surpresa com um incrível ataque Seoi nage para Ippon. Esta foi a primeira medalha de ouro do espanhol na prova.

O Diretor de Educação da FIJ, Mohammed Meridja, condecorou o judoca.

Alberto Gaitero Martin
Antes de começar o combate a minha intenção era a de atacar com o Ippon Seoi Nage, e a meio da luta encontrei o momento perfeito para o fazer.
Alberto Gaitero Martin

Natsumi Tsunoda, uma receita de competência recheada de confiança

Na final de -52kg, a nipónica Natsumi Tsunoda mostrou-se firme e convicta, usando uma técnica clássica de sacrifício, o Tomoe Nage, para marcar o Waza-ari da vitória frente à sul-coreana Da Sol Park, e sagrar-se campeã em Zagreb.

Otgontsetseg Galbadrakh e Mélanie Clément, duelo de titãs no feminino

Em -48 kg, Otgontsetseg Galbadrakh e Mélanie Clément, duas judocas que já derrotaram a atual campeã do mundo Daria Bilodid, lutaram frente a frente no combate pelo ouro da categoria, um confronto difícil e de preparação para Tóquio que teve que ir para o ponto de ouro, onde a medalhista olímpica do Cazaquistão acabou por prevalecer sobre a francesa com um contra-ataque inteligente.

O Diretor Desportivo da FIJ, Vladimir Barta, condecorou a judoca.

Sharafuddin Lutfillaev, do Uzbequistão, foi o campeão em -60kg, derrotando na final o britânico Ashley Mckenzie.

**A comitiva portuguesa
**

Telma Monteiro foi a melhor portuguesa hoje em prova, terminando em sétima posição. A competir em -57 kg, Telma Monteiro venceu a belga Mina Libeer e a austríaca Sabrina Filzmoser mas foi eliminada pela sul-coreana Jandi Kim no primeiro combate pelo bronze, por acumulação de um terceiro shido no ponto de ouro.

Telma Monteiro e Sabrina Filzmoser

Na sua estreia em provas do Circuito Mundial, Rodrigo Costa Lopes (-60kg) perdeu frente ao turco Mihrac Akkus nos oitavos-de-final, nas quais Miguel Pisco foi derrotado no primeiro combate pelo búlgaro Valentin Alipiev.

Em -66 kg, Sergiu Oleinic, que há dois anos conquistou a medalha de prata nesta competição, perdeu na segunda ronda, frente ao francês Kilian Le Blouch, enquanto João Crisóstomo não passou do combate inaugural, frente ao uzbeque Mukhriddin Tilovov.

PUBLICIDADE

A comitiva portuguesa em Zagreb conta com um total de 13 judocas.

No fim de semana estarão em prova: Jorge Fernandes (-73kg), Nuno Saraiva (-73kg), Anri Egutidze (-81kg), Jorge Fonseca (-100kg), Bárbara Timo (-70kg), Yahima Ramirez (-78kg), Patrícia Sampaio (-78kg), Rochele Nunes (+78kg).

Denis Vieru, os Movimentos do Dia

O medalhista de prata em -66kg Denis Vieru produziu não um mas sim os dois movimentos do dia, um simples e belíssimo golpe de pernas De-ashi-barai e, mais tarde, um dramático e poderoso arremesso, que valeram 2 Ippons fenomenais ao jovem talento da Moldávia.

Um Grande Prémio de Judo que arranca assim em beleza.

PUBLICIDADE
Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Geórgia domina último dia do Grande Prémio de Zagreb

Brasil de ouro e Portugal de bronze no fecho do Grand Slam de judo de Tóquio

Brasil de prata e Portugal com entrada fria no Grand Slam de judo em Tóquio