A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Greta Thunberg vai de vela à América para poupar o planeta

Greta Thunberg aceitou oferta ecológica da Team Malizia, de Pierre Casiraghi
Greta Thunberg aceitou oferta ecológica da Team Malizia, de Pierre Casiraghi -
Direitos de autor
REUTERS/ Philippe Wojazer/ Arquivo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Greta Thunberg vai embarcar em agosto numa aventura transatlântica para contribuir na redução das emissões de carbono no planeta a caminho da cimeira de ação climática das Nações Unidas promovida pelo secretário-geral António Gueterres.

A ativista sueca, de 16 anos, que decidiu fazer um ano sabático na escola para continuar a sua campanha internacional contra as alterações climáticas, foi convidada para o evento de setembro da ONU e também para a COP25, em dezembro, em Santiago do Chile.

Greta disse à Associated Press ter deixado de voar "por causa do enorme impacto ambiental das viagens de avião" e após uma longa reflexão decidiu que "a melhor solução" para corresponder aos dois convites da ONU seria "velejar".

"Viajar de barco para a América do Norte é quase impossível. Após meses e inúmeros contactos com pessoas que me ajudaram a contactar diferentes barcos, finalmente consegui um, o que foi ótimo", considerou.

A oferta partiu da Team Malizia, de Pierre Casiraghi, o filho mais novo da princesa Carolina, do Mónaco.

"Boas notícias! Vou poder juntar-me à Cimeira de Ação Climática da ONU, em Nova Iorque, e à COP25, em Santiago, e a outros eventos pelo caminho", escreveu Greta Thunberg no Facebook.

‪Good news!‬ ‪I’ll be joining the UN Climate Action Summit in New York, COP25 in Santiago and other events along the...

Publiée par Greta Thunberg sur Lundi 29 juillet 2019

A ativista agradeceu a oferta do "veleiro de corrida de 18 metros" da Team Mazilia. "Vamos velejar através do Oceano Atlântico, do Reino Unido para Nova Iorque, em meados de agosto", anunciou a sueca.

A equipa de Casiraghi também se mostrou "honrada" de poder transportar Greta Thunberg "numa viagem à vela de emissões zero através do Atlântico".

Greta diz ser imperativo que se torne "progressivamente mais fácil" para a Humanidade tornar-se "neutra em termos climáticos". "Não estou a dizer o que as pessoas devem fazer. Não digo que as pessoas devem deixar de voar. Apenas digo que tem de ser cada vez mais fácil sermos neutros com o clima", reforçou.

Greta Thunberg tem-se sido uma das principais vozes da juventude mundial no combate às alterações climáticas desde que protagonizou uma "greve à escola pelo clima", no ano passado, após vários incêndios graves na Suécia.

Já este ano, a adolescente sueca cedeu a voz para uma música do novo álbum do grupo britânico The 1975 em que termina a apelar "à desobediência civil e à revolta" pelo planeta.