A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Decisão da Liga dos Campeões africana passa pelos tribunais

Decisão da Liga dos Campeões africana passa pelos tribunais
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A final da Liga dos Campeões africana, entre O Espérance de Tunis e Wydad Casablanca, remonta à última semana de maio mas ainda não é conhecido o vencedor. O imbróglio nasceu quando os marroquinos abandonaram o relvado em protesto contra uma decisão da equipa de arbitragem num momento em que o videoárbitro não estava a funcionar.

O Espérance de Tunis reclama o título alegando o abandono do adversário, a CAF ordenou a repetição do encontro da segunda mão e o caso acabou por chegar ao Tribunal Arbitral do Desporto. O organismo sediado em Lausana anunciou a decisão esta quarta-feira e voltou tudo à estaca zero:

"A decisão de jogar novamente o encontro da segunda mão da final da Liga dos Campeões foi tomada por um órgão que não o devia ter feito. O Tribunal Arbitral do Desporto deliberou que o Comité Executivo da CAF não tinha competência para decidir essa questão e a devia ter reencaminhado para o organismo competente."

Apesar da decisão, nem por isso o caso está resolvido. A decisão está nas mãos da Confederação Africana de Futebol... mas não do Comité Executivo.