This content is not available in your region

Mais carne de vaca dos EUA na Europa

Access to the comments Comentários
De  Teresa Bizarro
euronews_icons_loading
Mais carne de vaca dos EUA na Europa

Vai haver mais carne de vaca dos Estados Unidos nas mesas europeias. Das trincheiras da guerra comercial com a China, Donald Trump acenou aos produtores e agricultores norte-americanos com uma vitória: o acordo com a União Europeia para aumentar as exportações de carne para o velho continente. A quota deverá subir 46% logo no primeiro ano - contas feitas pelo presidente norte-americano.

"É uma vitória tremenda para os criadores de gado americanos e, claro, para os consumidores europeus, porque a carne de vaca americana é considerada a melhor do mundo. A minha administração defende os nossos agricultores e criadores como nunca antes foi feito. Estamos a proteger os nossos agricultores de várias formas até com a China," disse Trump.

A China esteve presente também nas entrelinhas do discurso do Embaixador da União Europeia em Washington. Stavros Lambrinidis diz que este acordo sublinha o facto das questões comerciais não serem "apenas uma questão de dinheiro", mas também "uma questão de valores; de garantir padrões elevados para negociar de forma justa".

Washington espera com este acordo marcar o início de um novo relacionamento comercial com a Europa. Bruxelas procura remover as tarifas aduaneiras de uma série de produtos europeus nos Estados Unidos e quer que Trump ponha definitivamente na gaveta a ameaça de taxar os carros produzidos nos países da UE.

O acordo anunciado esta sexta-feira ainda tem de ser aprovado pelo Parlamento Europeu.