Última hora

Britânicos enchem despensas

Britânicos enchem despensas
Tamanho do texto Aa Aa

Mesmo se estamos longe de ver, nos supermercados britânicos, cenas que façam lembrar filmes sobre um apocalipse zombie ou a Terceira Guerra Mundial, a verdade é que são muitos os que estão a encher as despensas, com medo do que possa acontecer em caso de um Brexit sem acordo.

Segundo um estudo publicado esta segunda-feira, os britânicos já gastaram cerca de 4,3 mil milhões de euros a açambarcar bens e 800 mil pessoas já gastaram mais de mil euros a comprar produtos com medo que faltem depois do Brexit.

A alimentação e os medicamentos são os produtos que os britânicos mais procuram. Três em cada quatro inquiridos compraram comida extra, enquanto metade do universo comprou mais medicamentos e bebidas.

No que toca ao mercado farmacêutico, um Brexit sem acordo iria afetar também a União Europeia, já que todos os meses, 45 milhões de caixas de medicamentos são exportadas do Reino Unido para os outros Estados-membros. Alguns medicamentos podem perder a licença de venda na União Europeia.

Além disso, as tarifas alfandegárias mais altas podem também afetar não só os stocks de produtos farmacêuticos, como das matérias-primas necessárias para as produzir.

Os medos relacionados com o Brexit e a quebra económica no segundo trimestre do ano levaram a libra a um mínimo de dez anos face ao euro, na semana passada, embora esta segunda-feira a divisa britânica esteja já a recuperar.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.