A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Futebol de luto nas Honduras

Futebol de luto nas Honduras
Direitos de autor
REUTERS/Stringer
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Subiu para quatro, o número de mortos na sequência de confrontos entre adeptos de duas equipas de futebol antes de um derby da capital das Honduras, Tegucicalpa.

O autocarro que transportava a equipa de Motagua foi atacado por adeptos do Olímpia, minutos antes do início da quinta jornada do Torneio Apertura, que foi suspenso.

Três jogadores do Motagua ficaram feridos.

Os tumultos estenderam-se ao interior do estádio onde milhares de adeptos esperavam pelo início da partida.

A polícia foi obrigada a usar gás lacrimogéneo para dispersar os adeptos das duas equipas.

Em comunicado, o presidente das Honduras, Juan Orlando Hernández afirmou que o ato de violência "não ficará impune" e que o país tem de "acabar com os terroristas no futebol".

A polícia oferece uma recompensa de quase 13.000 euros a quem forneça informações sobre os responsáveis pelas mortes.