A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

11 milhões de euros salvam Bolton

11 milhões de euros salvam Bolton
Direitos de autor
Action Images via Reuters/Carl Recine
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Após vários meses de negociações, 11 milhões de euros (10 milhões de libras) foi o valor pago pelo consórcio Football Ventures, que reúne vários investidores, incluindo o baterista dos Pink Floyd Nick, Mason, e a empresária britânica Sharon Brittan, pelo clube inglês.

O clube Bolton Wanderers, que durante 74 jogou no principal escalão do futebol inglês e está atualmente na terceira divisão, tinha um prazo de duas semanas para encontrar uma solução financeira ou enfrentar a expulsão da Liga Inglesa de Futebol.

A notícia foi recebida com entusiasmo pelos adeptos do Bolton, temiam que o clube sofresse o mesmo destino que o companheiro de divisão Bury FC que foi expulso da Liga Inglesa de Futebol, na terça-feira, após o colapso da oferta pública de aquisição.