A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Navio de resgate 'Alan Kurdi' salva 13 migrantes no Mediterrâneo

Navio de resgate 'Alan Kurdi' salva 13 migrantes no Mediterrâneo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O navio de salvamento 'Alan Kurdi', operado pela organização não-governamental (ONG) alemã Sea-eye, resgatou este sábado 13 migrantes nas águas do Mediterrâneo.

A embarcação aguarda agora instruções fora das águas italianas, mas espera poder desembarcar na ilha de Lampedusa.

Segundo os responsáveis da ONG 'Sea-Eye', as pessoas resgatadas são todas do sexo masculino e aparentam estar bem de saúde.

No espaço de uma semana é o segundo navio de resgate a tentar chegar à ilha, depois de o barco Mare Jonio pedir também autorização para levar uma centena de migrantes para terra.

A 'política zero' de imigração decretada pelo ex-ministro do Interior Matteo Salvini apenas permitiu a entrada de mulheres, crianças e doentes na ilha através de uma transferência para outra embarcação, deixando o 'Mare Jonio' retido ao largo de Lampedusa ainda com 34 pessoas a bordo.