Última hora

Navio de resgate 'Alan Kurdi' salva 13 migrantes no Mediterrâneo

Navio de resgate 'Alan Kurdi' salva 13 migrantes no Mediterrâneo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O navio de salvamento 'Alan Kurdi', operado pela organização não-governamental (ONG) alemã Sea-eye, resgatou este sábado 13 migrantes nas águas do Mediterrâneo.

A embarcação aguarda agora instruções fora das águas italianas, mas espera poder desembarcar na ilha de Lampedusa.

Segundo os responsáveis da ONG 'Sea-Eye', as pessoas resgatadas são todas do sexo masculino e aparentam estar bem de saúde.

No espaço de uma semana é o segundo navio de resgate a tentar chegar à ilha, depois de o barco Mare Jonio pedir também autorização para levar uma centena de migrantes para terra.

A 'política zero' de imigração decretada pelo ex-ministro do Interior Matteo Salvini apenas permitiu a entrada de mulheres, crianças e doentes na ilha através de uma transferência para outra embarcação, deixando o 'Mare Jonio' retido ao largo de Lampedusa ainda com 34 pessoas a bordo.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.