EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Navio de resgate 'Alan Kurdi' salva 13 migrantes no Mediterrâneo

Navio de resgate 'Alan Kurdi' salva 13 migrantes no Mediterrâneo
Direitos de autor 
De  João Paulo Godinho
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A embarcação aguarda fora das águas italianas por uma resposta das autoridades a fim de levar os migrantes para Lampedusa.

PUBLICIDADE

O navio de salvamento 'Alan Kurdi', operado pela organização não-governamental (ONG) alemã Sea-eye, resgatou este sábado 13 migrantes nas águas do Mediterrâneo.

A embarcação aguarda agora instruções fora das águas italianas, mas espera poder desembarcar na ilha de Lampedusa.

Segundo os responsáveis da ONG 'Sea-Eye', as pessoas resgatadas são todas do sexo masculino e aparentam estar bem de saúde.

No espaço de uma semana é o segundo navio de resgate a tentar chegar à ilha, depois de o barco Mare Jonio pedir também autorização para levar uma centena de migrantes para terra.

A 'política zero' de imigração decretada pelo ex-ministro do Interior Matteo Salvini apenas permitiu a entrada de mulheres, crianças e doentes na ilha através de uma transferência para outra embarcação, deixando o 'Mare Jonio' retido ao largo de Lampedusa ainda com 34 pessoas a bordo.

Outras fontes • Reuters

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Migrantes resgatados chegam a Espanha

ONG italiana salva 100 migrantes, mas Salvini proibe entrada em Itália

40 migrantes morrem em naufrágio no Mediterrâneo